Rádio Interativa FM, 104,9 - Riacho de Santana/ RN

PM vai intensificar ações no litoral de SP com mais 250 policiais em resposta ao desaparecimento de soldado

Luca Romano Angerami, de 21 anos, é soldado da PM e está desaparecido desde a madrugada de domingo (14). Ele foi visto pela última vez entrando em um ponto de tráfico de drogas em Guarujá (SP). Imagens mostram PM Luca Romano Angerami com um homem, ainda não identificado, indo em uma 'biqueira' em Guarujá

Reprodução

A Policia Militar vai intensificar as ações na Baixada Santista para localizar o soldado da PM Luca Romano Angerami, de 21 anos, que desapareceu na madrugada de domingo (14) e foi visto pela última vez, de acordo com a Polícia Civil, perto de um ponto de tráfico de drogas em Guarujá (SP). A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) informou que haverá um reforço de 250 policiais.

✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.

O g1 apurou junto à uma fonte da Polícia Civil que Luca saiu de uma adega na comunidade Santo Antônio, em Guarujá, e dirigiu sozinho até uma 'biqueira' [onde ocorre o tráfico de drogas] na comunidade . Ele ficou dentro do veículo por aproximadamente 40 minutos, até que dois homens - ainda não identificados - se aproximaram do veículo e o renderam.

Luca é morador de Santos (SP), mas trabalha no 3º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) em São Paulo.

Nova Operação Escudo?

Na tarde desta terça-feira (16), durante as buscas por Luca, alguns policiais comentaram que seria deflagrada uma nova Operação Escudo, mas, até o momento, não há confirmação da ação especial, que é montada após atentados a policiais, na ativa ou não. A medida não foi descartada, porém a SSP-SP e PM confirmam apenas o reforço no número de agentes.

🔹Última Operação Escudo em 2023: Foi deflagrada na região após a morte do PM da Rota Patrick Bastos Reis, em julho do ano passado. Na ocasião, o agente foi baleado durante patrulhamento em Guarujá (SP). Nos 40 dias de ação, segundo divulgado pela SSP-SP, 28 suspeitos morreram em supostos confrontos com policiais e 958 pessoas foram presas.

🔹Operação Verão em 2024: foi estabelecida na Baixada Santista em dezembro de 2023. No entanto, com a morte do PM Samuel Wesley Cosmo, em 2 de fevereiro, o estado deflagrou a 2ª fase da ação com o reforço policial na região. A ação durou quatro meses e foi encerrada com 56 mortes de suspeitos em confrontos com a polícia. Segundo a SSP-SP, no total, 1.025 foram presos, sendo 438 deles procurados pela Justiça, além de 47 menores apreendidos.

PM na adega

Câmeras de adega mostram última imagens de PM antes de desaparecer no litoral de SP

Antes de ir à biqueira, o PM foi registrado pelas câmeras de monitoramento de uma adega na comunidade Santo Antônio. Nas imagens acima é possível ver Luca com um homem e uma mulher, enquanto toma uma cerveja. Há várias pessoas dentro do estabelecimento, enquanto outras socializam do lado de fora.

Um dos trechos mostra o jovem no caixa ao lado do mesmo homem. Ele faz um pagamento com o cartão e o rapaz que o acompanha pega o que parecem ser copos plásticos. Em seguida, os dois viram as costas e se afastam da fila.

Preso suspeito de matar o PM

Luca Romano dentro de adega em Guarujá (à esquerda) e suspeito de ter participado de crime contra ele (à direita)

Reprodução

A PM prendeu um homem de 36 anos na Rua das Magnólias, em Guarujá, por volta das 19h30 de domingo (14). O suspeito de ter participado do desaparecimento de Luca contou que ele foi levado São Vicente e morto. Disse ainda que o corpo teria sido jogado da Ponte do Mar Pequeno.

Carro encontrado com a chave

O carro do soldado da PM foi encontrado abandonado na Rodovia Cônego Domênico Rangoni, em Guarujá, na manhã de domingo (14). A PM informou à equipe de reportagem que a chave do veículo estava em cima do porta-malas.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

NOTÍCIAS MAIS LIDAS